07 novembro 2010

27. Evite os alimentos transgênicos [Teia Ambiental]

07 novembro 2010

Este é o símbolo que deve constar no rótulo de todo produto com matéria-prima transgênica, desde 2007.
Os alimentos transgênicos já foram introduzidos em nossa alimentação e muitos de nós nem sabemos. Dá só uma olhadinha no óleo de soja da sua casa...


O que são?
São alimentos cuja matéria-prima foi modificada geneticamente, ou seja, organismos que tiveram as seqüências do código genético removidos e inseridos em outro organismo, de espécie diferente. A principal implicação da transgenia é a quebra da barreira sexual entre diferentes espécies, permitindo cruzamentos impossíveis de ocorrerem naturalmente, como entre uma planta e um animal, uma bactéria e um vírus. A inserção de genes exóticos em uma planta, por exemplo, pode resultar em efeitos imprevisíveis em seus processos bioquímicos e metabólicos.

 Muito diferente do chamado "melhoramento genético", já empregado há milênios para diversos propósitos, baseado na combinação genética de duas plantas da mesma espécie por meio de cruzamento sexual ou, em alguns casos, entre plantas de espécies diferentes, mas do mesmo gênero, com grandes semelhanças entre si. Os descendentes desse cruzamento são selecionados, escolhendo-se apenas aqueles indivíduos que tenham as características desejadas, como maior produtividade, resistência a insetos ou doenças. O melhoramento genético trabalha com a diversidade genética dentro de uma mesma espécie.

O milho e a soja receberam autorização para serem modificados geneticamente no Brasil, em 1998. Mas há muitos produtos já sendo modificados, ilegalmente. E os importados?

A campanha contra os alimentos transgênicos é uma das 6 campanhas globais do Greenpeace, desenvolvida em mais de 25 países, entre eles o Brasil. O objetivo é garantir uma legislação forte de biossegurança.

Qual a importância da campanha contra os trangênicos:

- Os danos ambientais causados pela introdução dos transgênicos no meio ambiente são irreversíveis. Isto é, depois de introduzidos no meio ambiente, é impossível retirá-los por completo.

- Os transgênicos afetam a biodiversidade.

- O Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo e um importante produtor de milho, que são os principais alvos da indústria de biotecnologia hoje. Se os transgênicos forem liberados, a área "contaminada" será muito extensa e conseqüentemente os danos ambientais poderão ser enormes.

- O Brasil é um dos únicos países capazes de atender à demanda de grãos convencionais (grãos não-transgênicos), que é crescente em todo o mundo, principalmente na Europa e Ásia.

- As empresas de biotecnologia querem, a qualquer custo, liberar os transgênicos no País (A soja e o milho já foram autorizadas em 1998). Por isso, é importante que o Greenpeace defenda o meio ambiente, não deixando prevalecer os interesses econômicos das multinacionais.

- Através de pesquisas em pessoas e animais foram encontrados indícios de alergias, novos vírus e bactérias e resistência a antibióticos, em crianças.



Alguns produtos que contêm matéria-prima transgênica, retirados do Guia do Consumidor do Greenpeace (infelizmente atualizado em 2004):

Papinha infantil  Gerber (Novartis)
Mistura para Pão de Queijo da Oetker
Óleo de cozinha - Soya e Liza (soja e/ou milho)
Produtos da Ajinomoto (caldos, molhos, temperos)
Produtos Cepera
Maionese Soya
Maionese Vigor  (lá diz que a Helmanns é OK e que temperos e molhos Knorr também)
Alguns enlatados da marca Quero
Fondues da marca La Table D'or
Misturas para bolo Dona Benta, Sol e Línea
Muitas misturas para sobremesa (ex: Oetker)
Cereais Kellogs (!!!)
Ovomaltine (Novartis)
Adams, Dantop, Garoto (mas dão OK para Lacta, Ferrero e Masterfoods - twix e M&Ms)
Kopenhagen (MORRI !)
Amendoins da Oetker
Muitos muitos biscoitos (Visconti, Adria, etc)
Produtos da Bauducco
Produtos Pullman
Produtos Danone
Yakult (mas isenta Ades, Batavo, Panco, Wickbold)
Margarina Qualy, Doriana e Becel são umas das poucas aprovadas
Macarrão Adria, Frescarini (aprovados: Sadia e Pão de Açúcar)


Vale a pena acessar a lista completa e anotar os produtos que você costuma consumir.

Espalhe a notícia!


Dados retirados do site Greenpeace.org


13 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Não aos transgénicos!

Irene disse...

Oi querida..bom dia!!!É um absurdo essa coisas....vou ficar mais atentar sim, agradeço o post...sempre antenada...bjs no coração!

Patricia Barros disse...

Olá!

Tenho pavor destes produtos e me assusta o facto de os consumir sem dar por isso.
É preciso cautela!

Beijinhos...

orvalho do ceu disse...

Olá,Renata querida
Gostei da relação bem objetiva que colocou... é só a gente conferir...
Já fiz tanto uso deles... pena!!!
Mas o que importa é o que vivo e viverei,não é mesmo?
Tenha uma semana feliz e abençoada!!
Bjs

Gilberto Gonçalves disse...

Minha parceira ambiental, Renata:
A Teia é uma trama de todos nós a favor da vida de todos, e não somente da nossa.
É muito curioso, como temos de trabalhar a favor de quem não está nem aí para a sua saúde, não é mesmo?
Às vezes, a gente se sente como quem tenta impedir um suicida a dar cabo da vida.
É uma loucura! A gente se distrai um pouco, e já está o pobre coitado querendo atirar-se do vigésimo andar, ou cortar os pulsos ou se atirar no mar.
É cansativo, mas tal qual um salva-vidas, lá vamos nós salvar vidas.
O seu espaço é ótimo!
Vamos motivar os amigos e leitores a dizer NÃO ao transgênico. E quem sabe se não é possível, convencer o dono do supermercado a não trabalhar com esses produtos.
Parabéns, Renata.
Abraços.
Gilberto.

Flora Maria disse...

Oi, Renata:
Excelente sua postagem ! Obrigada por mostrar a relação dos produtos que não devemos consumir !

Eu não uso uma quantidade enorme de produtos dessa lista. Mas, ainda assim, somos presos em arapucas. Que canseira ter que estar vigiando as marcas, as embalagens ! Muitas vezes o T é quase invisível...

E a Kopenhagem ? Decepcionante...

Enfim, lá vamos nós, tramando nossa Teia Ambiental.

Beijo

RENATA RZ disse...

Oi galerinha verde!

Eu também já fiz uso desses produtos, quem não?

Semana passada mesmo comprei danoninho pra minha filha! hahahah

Mas, mistura para bolo e sobremesa em pozinho, dá pra viver sem, muito bem!!!
Não adianta, o natural é melhor para todos!
Agora, só falta nem a banana ser mais natural né?!
Daí vamos plantar tudo em casa, minha gente...


Estarei de olho, procurando sempre informações atualizadas sobre os produtos do mercado e podem deixar que vou divulgar no Dicas!

Beijinhos green a todos

Mi Satake disse...

Re, mais uma super dica sua!

Acho q devemos, cada vez mais estar atentos a tudo o q nos prejudica e à nossa saude e a de nossos filhos.

Beijão pra ti e otima semana!

Ϩtεℓℓα disse...

hi Renata! obrigada for your lovely comment! ^__^

wow, i didn´t know there were so many transgenic products! even the so famous Danone! we´ll have to look very carefully when buying something...

have a wonderful week, dearest!

beijos!!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Oi Re!! nossa,que legal..tem algumas coisas que não sabia,juro!super completo seu post, muito util!!
bjs,boa semana!!
;-)

arKana disse...

Olá!
tens um selo para ti aqui:
http://locaissagrados.blogspot.com/2010/11/selo-dardos.html
beijos

RUTE disse...

Oi Renata, meu artigo ainda está no forno, não há meio de sair, grrrrr.

Bem, mas o seu tá qui tá! Isso é que é informação. Agora ninguém pode mais dizer que não sabe o que são OGM´s, né verdade??

Mais ainda, venho convidá-la a participar num outro movimento ecologico, mas desta feita na cozinha. Uma iniciativa conjunta de vários blogs no Projecto Reciclar na Cozinha. Por favor, passe no meu espaço para saber mais acerca.

É apenas duma única participação, não tem continuidade.
Gostaria de contar consigo.
Beijos.
Rute

RUTE disse...

Oi gente! Oi Renata!

Voltei pra anunciar que minha participação na Galera Verde finalmente concretizou-se.
O post tá lá, atrasado mais tá. Agora é pensar no próximo. Não dou folga para meus neurónios não!
Beijinho,
é um prazer tê-la connosco como conspiradora preservacionista :)
P.s.-Voltei a ler seu post e está realmente muito bom, aprendi bastante por aqui.

Postar um comentário

Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. Antoine Lavoisier
Obrigada pela visita!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...